Acompanhe o JB por e-mail

domingo, 23 de fevereiro de 2020

O Brasil inteiro está comemorando o carnaval

O Brasil inteiro está comemorando o carnaval. Aos olhos de quem não tem conhecimento, o carnaval é um dos mais longos feriados no país.  Só que não é bem assim. O carnaval não é considerado um feriado nacional!.

No entanto é comum que patrões e empregados façam acordos para que os dias de serviço sejam tomados como tal de forma amigável. Durante a segunda e a terça e até o meio-dia da Quarta-Feira de Cinzas ninguém reclama de ninguém e o pessoal vai levando os dias da festa momesca como se feriado fosse. Há quem prefira ficar em casa descansando, curtindo a família do que cair na folia. 

Mas o trabalhador, aquele que topou "enforcar" o trabalho para pular a folia, pode ter que repor essa ausência para compensar. Quanto ao expediente, poderá ser lançado como débito do empregado no banco de horas para futura compensação.

Os empregadores podem, ainda, exigir que os empregados compareçam na firma durante o período carnavalesco, mas isso não é usual, pois a data é  dedicada aos festejos. Com relação à compensação das horas tiradas como se feriado fosse, cada empresa pode fazer a compensação de diferentes formas, como aumento de jornada em datas específicas ou propor expediente aos sábados. A critério de cada empresa.

Muitos não sabem, mas cada falta sem atestado em dia útil de trabalho rende desconto equivalente a dois de trabalho na folha de pagamento e, quando o trabalhador falta sem justificativa, ele é duplamente descontado, pois perde também o direito ao descanso semanal remunerado. É um "feriado" que pode sair bem caro para o folião.

De acordo com a lei 662/1949, são instituídos sete feriados nacionais que são: 1º de janeiro (Confraternização Universal), 21 de abril (Tiradentes), 1º de maio (Dia do Trabalho), 7 de setembro (Independência da República), 2 de novembro (Dia de Finados), 15 de novembro (Proclamação da República) e 25 de dezembro (Natal). Tem também a lei 6.802/1980 que declara o dia 12 de outubro como dia “para culto público e oficial a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil”.

Fora todos esses, há ainda os feriados estaduais e os que são decididos pelos municípios, como Corpus Christi (neste ano, 11 de junho), e aniversários de cidades como Ipanema, por exemplo, que comemora seu aniversário no dia 7 de setembro.

Uma ipanemense, Rainha do Carnaval da Bahia
Uma baiana(?) de 28 anos, nascida em Feira de Santana(?), cidade a cerca de 100 quilômetros de Salvador, foi eleita rainha do carnaval soteropolitano. A cerimônia ocorreu na noite de sexta-feira, dia 14 de fevereiro, no salão do Fiesta Bahia Hotel.
Theila Sabrina mede 1,68 m e pesa 65 kg. Ela foi escolhida rainha entre 12 finalistas. Ao todo, 18 candidatas concorreram ao título. Além dela foram eleitas Marta Lalesca, de 23 anos, para a primeira princesa, e Graciany Fraga, de 24, como segunda princesa.


Na verdade, Theila Sabrina é ipanemense, nascida e criada na cidade. Foi dançarina de várias bandas de forró na região, onde começou sua carreira e também eleita a primeira "Garota de Ipanema, em 2009, quando foi instituído o concurso na cidade. Foi dançarina no programa do apresentador Rodrigo Faro na RecordTV e dançarina de bandas famosas de forró do país.Na verdade, Theila Sabrina é ipanemense, nascida e criada na cidade. Foi dançarina de várias bandas de forró na região, onde começou sua carreira e também eleita a primeira "Garota de Ipanema, em 2009, quando foi instituído o concurso na cidade. Foi dançarina no programa do apresentador Rodrigo Faro na RecordTV e dançarina de bandas famosas de forró do país.



Theila Sabrina...
É uma bela rainha, sem dúvida!



Acesse nosso site www.jornaldebolso.com