Acompanhe o JB por e-mail

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

MAU CARÁTER EXISTE EM QUALQUER LUGAR


Acusado de pedofilia e receptação
de imagens padre é preso

Com apoio de equipes de Manhuaçu, Matipó, Rio Casca e Oratórios, em operação denominada Profeta, do Ministério Público, a Polícia Militar de Ponte Nova realizou na quarta-feira, dia 22, uma operação cumprindo mandados de busca e apreensão em Oratórios, na região de Ponte Nova, Belo Horizonte, Rio Casca e Matipó. A operação foi nfeita com êxito, culminando na prisão de um grupo acusado em investigação do Ministério Público de roubo, receptação e comercialização de imagens sacras. Além disso, há informações sobre situações de cunho sexual. 

Segundo a Assessoria de Comunicação Organizacional da PM (ACO), houve denúncias de populares da cidade de Oratórios, informando que o padre da cidade, Paulo César Salgado, estaria pedindo muito dinheiro para os fiéis e não estavam vendo os recursos sendo aplicados na igreja.

Durante os levantamentos, foram obtidas informações de que o Pároco estaria envolvido em uma rede criminosa de roubo, receptação e comercialização de imagens sacras e também estaria cometendo crime de pedofilia na cidade. As investigações foram realizadas pelo Ministério Público durante os últimos dois meses. 
Segundo a PM, além do padre foram presas três pessoas na região que são Vladimir Gomes Magalhães (secretário do Pároco em Oratórios); Sebastião Moreira de Souza, (zelador da igreja católica em Matipó), e o advogado Vinícius Cezar Gomes Brandão, em Rio Casca.

A PM informou ainda que, durante as buscas na residência do padre, foram apreendidos vários materiais e imagens que serão analisados para saber as origens, além de certa quantia em dinheiro.
Ainda de acordo com a ACO da PM, todos os envolvidos tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça de Ponte Nova. O MP estará analisando as informações e materiais relacionados a pedofilia encontrados com o pároco em Oratórios e em Matipó e também com jovens de São Sebastião do Sacramento, distrito de Manhuaçu.
A reportagem entrou em contato com a Arquidiocese de Mariana, responsável pela Paróquia São José em Oratórios, mas lá não souberam passar informações sobre o caso.

O Padre Paulo César Salgado foi nomeado em 2015, pelo arcebispo Dom Geraldo Lyrio para administrador da Paróquia de São José, em Oratórios. Ele já oficiou em outras cidades da região, como em Piedade de Ponte Nova. (Com informações e fotos do Jornal Listão)

Nenhum comentário:

Postar um comentário